segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

É uma necessidade imensa, de te dizer ,obrigado EUSÉBIO: - Pelas inúmeras alegrias que me davas em criança e adolescente, em que nos domingos á tarde (nos jogos do campeonato nacional de futebol) e nas quartas-feiras (nas taça dos campeões europeus e então taça das taças e taça UEFA) em que não havia jogo em que não ouvíamos os “relatadores” gritar no na minha telefoniazinha de bolso, “gooooooooooooooooooooooooooooooooooolo de Euséééééébio”! Obrigado pelo modo como “compensaste” tantos momentos difíceis que tive em criança e adolescente) longe da família, da terra… das minhas coisas portanto! Tu, o meu Benfica e a camisola das quinas ajudaram-me a suportar essa solidão imensa. - Pelo orgulho que desde pequeno me transmitiste em ser português refletido na tua garra e crença de que é sempre possível “dar a volta” à situação…acreditar! - Por seres a razão de eu ter nascido benfiquista e essa “coisa inexplicável” me correr nas veias dos intervalos da luta…por mais anos que passem e vicissitudes clubísticas… - Por um dia ter almoçado contigo e me teres mostrado um dos teus joelhos ao mesmo tempo que me dizias (“sem esforço não consegues!”) face ao arrepio que tive na espinha ao ver aquele juelhão completamente disforme e cheio de cicatrizes em todas as direções! Estou triste sim, apesar de saber que estás acima das contingências dos demais mortais! Não morreste, apenas faltava o ultimo rugido da “pantera negra” para coroar definitivamente o MITO! Obrigado campeão! Almada, em 6 de janeiro de 2014 exactamente em DIA DE REIS como convinha ao MAIOR ENTRE OS MAIORES!
Filipe Lamelas

Sem comentários:

Publicar um comentário